Padroeiros

Beato José de Anchieta

Data: 09/06


Com grande alegria celebramos Memória do apóstolo do Brasil que nasceu no ano de 1534 em Tenerife, ilhas Canárias. O bem-aventurado José de Anchieta nasceu no dia de São José, por isso o nome, uma vez que sua família era muito religiosa, a ponto de enviarem seus filhos maiores para estudarem em Portugal, um deles o nosso santo.
Aconteceu que José entrou para a Companhia de Jesus, onde com sua inteligência e memória incomuns se somaram as virtudes e dons de Deus, que fizeram dele um noviço exemplar. Ao ficar debilitado na saúde foi-lhe providencialmente oferecido uma viagem para o nosso Brasil, onde o clima seria medicianal. Mais do que buscar saúde José de Anchieta descobriu que aqui era terra de quem busca Almas para o Senhor, e isto ele encontrou principalmente na pessoa dos indígenas.
Chegou no Brasil em 1553, e pode participar de grandes acontecimento como a primeira Santa Missa celebrada pelo Padre Manuel da Nóbrega ocorrida na Festa da conversão de São Paulo, e que lançou a pedra da atual Megalópolis. Deu aula; aprendeu a língua indígena Tupi; enfrentou ser refém da feroz tribo dos Tamoios; escreveu o maior poema em louvor a Nossa Senhora na areia e depois com a pena e isto tudo depois de ter sido ordenado Sacerdote em Salvador, Bahia. Anchieta passou seu últimos anos de vida no Estado do Espírito Santo, onde adoeceu e morreu em 1597 com a certeza de ir para o Céu juntamente com muitos outros brasileiros evangelizados por ele.



Voltar