Notícias
publicado em: 22/02/2019
MISSA E EXÉQUIAS DO PADRE ALBERTO OSELIN, RCJ
Dom Rubens, Dom Caetano e Padres Rogacionistas e da Diocese
Padre Ângelo Ademir Mezzari, RCJ
Pe. Gilson Luiz Maia, RCJ lê mensagem do Superior da Congregação dos Rogacionistas
Pe. Geraldo Tadeu Furtado, RCJ (Superior da Província de São Lucas)
Exéquias presidida por Dom Rubens Sevilha, OCD

            Dia 21 de fevereiro de 2019 foi marcado por diversas manifestações de carinho e homenagem ao Padre Alberto Oselin, RCJ, que retorna ao Pai e junto Dele uniu-se com toda a comunidade de Nossa Senhora das Graças e a toda família Rogacionista para este momento de despedida e esperança.

            Na manhã do dia seguinte, dia 22 de fevereiro, com a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Graças lotada, os fiéis de várias comunidades, os amigos de Padre Alberto, os religiosos Rogacionistas, também representantes de outras ordens religiosas, o clero diocesano de Bauru, seminaristas, crianças, jovens e funcionários dos projetos socioeducativos dos Rogacionistas e em especial, a comunidade de Nossa Senhora das Graças, onde o Padre Alberto desempenhou seu pastoreio por muitos anos, se reuniram para celebrar junto com Dom Rubens Sevilha, OCD – Bispo da Diocese de Bauru, Dom Frei Caetano Ferrari, OFM - Bispo Emérito de Bauru, Padre Ângelo Ademir Mezzari, RCJ – pároco da paróquia Nossa Senhora das Graças, Pe. Geraldo Tadeu Furtado, RCJ (Superior da Província de São Lucas), Pe. Gilson Luiz Maia, RCJ (Conselheiro Geral dos Leigos, Paróquias e Pastoral Juvenil) – para celebração Eucarística das 9 horas da manhã com a exéquias e cortejo até a Capela dos Rogacionistas no Cemitério São Benedito em Bauru.

            Dom Rubens Sevilha iniciou a Santa Missa enaltecendo que o Padre Alberto não tinha nenhum irmão de sangue, mas lembrou a comunidade da passagem de Marcos 10, 30 que Jesus disse que quem deixar pai, mãe, filhos, bens por causa do Evangelho receberá cem vezes mais, referindo no momento a toda comunidade presente e a toda Igreja como sua família neste momento. Após as leituras e a proclamação do Evangelho, Padre Ângelo fez a homilia a pedido de Dom Rubens Sevilha.

            Terminada a liturgia da palavra e a eucarística, Pe. Gilson Luiz Maia traduziu a mensagem do Superior Geral da Congregação Rogacionista, Padre Bruno Rampazzo, RCJ. Destacamos na mensagem o trecho em que padre Bruno se encontrou com o padre Alberto na última visita dele ao Brasil. “Ele abriu o coração. E pude perceber tanta gratidão pelo Senhor, pelos dons recebidos. Tanta serenidade para levar adiante a cruz do sofrimento. Tanta entrega e abandono na divina vontade. Nas suas palavras transbordava sempre o amor pelo nosso fundador, pela nossa congregação. O vínculo pelo Brasil, sua segunda pátria e pelo povo brasileiro. Sentiremos faltas dos seus modos, do seu sorriso, das suas palavras, sobretudo, muita falta sentiremos do seu exemplo de religioso, sacerdote fiel, dedicado e zelante.”  Posteriormente, Padre Geraldo Tadeu, Superior da Província de São Lucas transmite sua mensagem enaltecendo a dedicação do Padre Alberto. “Possamos voltar hoje para casa sustentados pela fé do padre Alberto, sustentados pela determinação do padre Alberto. Do seu jeito energético, mas ao mesmo tempo da sua grande humildade, da sua capacidade de viver intensamente a sua vocação, sem nenhum desejo a mais, apenas no desejo de viver e servir ao povo de Deus. Muito obrigado padre Alberto.” Após, Dom Rubens celebrou as exéquias e a esquife foi fechada, e antes de ser conduzida pelos padres rogacionistas e os padres representantes do clero de Bauru, padre Wellington e padre Gustavo Crepaldi, pelo corredor da Igreja, até o veículo funerário, e para prosseguir com o cortejo até o Cemitério de São Benedito, Dom Rubens diz que Padre Alberto participa conosco na liturgia do céu, onde nossa liturgia é o reflexo desta grande oração celeste. “Dá para imaginar o que seja essa grande liturgia lá no céu, a nossa aqui é só um reflexo. E unidos a essa liturgia lá no céu, portanto padre Alberto, celebrou tantas vezes celebrou a Eucaristia, este amor à Eucaristia, agora está nesta grande celebração celestial, da qual já participam, e um estaremos todos lá, com Deus, os anjos e santos, e Nossa Senhora.”

            Nossos sentimentos e nossa fé a toda família Rogate e nossa homenagem ao querido Padre Alberto.  

 

Ouça a homilia do Padre Ângelo Ademir Mezzari, RCJ - https://youtu.be/sTdc3h5HabQ