Notícias
publicado em: 10/05/2017
Padre Ricci é nomeado o primeiro bauruense bispo

Ele desempenhará nova função em Niterói conforme anunciado pelo Vaticano

Vaticano anunciou nesta quarta-feira (10), o primeiro bauruense nomeado como bispo, o padre Luiz Antonio Lopes Ricci. O comunicado oficial sobre esse este novo desafio ocorreu nesta quarta-feira, dia da semana em que, especificamente, as nomeações são feitas, por volta das 12h na Itália e 7h, no Brasil. Ele atuará como bispo auxiliar na cidade de Niterói (RJ). 

Pároco da Igreja São Cristóvão, padre Ricci, que fará 51 anos no dia 16 deste mês, é professor de ética teológica e bioética na Faculdade João Paulo II (Fajopa), em Marília. Tem mestrado e doutorado em teologia moral, pela Pontifícia Universidade Lateranense – Academia Alfonsiana de Roma, e pós-doutorado em bioética pelo Centro Universitário São Camilo, em São Paulo.

Antes de entrar para o seminário em 89, ele trabalhou no comércio de Bauru. Vendeu calçados no Calçadão da Batista de Carvalho desde os 14 anos. Em 10 de julho de 97, foi ordenado padre em Bauru. Ele é considerado pelos católicos um líder religioso muito envolvido com a comunidade, seja diante de cenários agradáveis ou difíceis.

Também é considerado acessível, generoso, afetuoso e compreensivo. Por conta do perfil, há  tempos católicos o incluíram na lista de candidatos a bispo.