Formação Litúrgica
Roteiro de estudo

Reproduzir o material para todas as pessoas das equipes de liturgia estudarem em conjunto.

 

1º Passo:

Pedir as luzes do Espírito Santo. A reunião deve começar, antes de tudo, com uma súplica ao Espírito Santo. É ele quem age na celebração litúrgica. Por isso, é a Ele também que devemos pedir as luzes, quando nos reunimos para estudar ou mesmo preparar uma celebração. Portanto, iniciar a reunião com uma oração (espontânea ou recitada) ou com algum canto ao Espírito Santo (A nós descei, Vem Espírito Santo...) é fundamental para o preparo de celebrações de boa qualidade.

 

2º passo:

Ler o texto com calma e em voz alta, refletindo sobre cada parágrafo, cada palavra. A leitura pode ser dividida entre os participantes da reunião.

 

3º passo:

Levantar os pontos positivos E negativos que a comunidade observa em sua Liturgia. É importante que se avalie como a comunidade tem vivido o tema estudado.

Conversar sobre o que cada um refletiu acerca do tema.

Anotar as principais idéias do texto e confrontá-las com a prática da comunidade.

 

4º Passo:

Propor sugestões e correções que visem melhorar a vivência do rito de acordo com o que se estudou e com os direcionamentos dos livros litúrgicos.

E, por fim, fazer a experiência do rito ou tema que se estuda, de como ele realmente deveria acontecer.

 

Sugestões:

 

a) A equipe de celebração conhece a Instrução Geral do Missal Romano e o Guia Litúrgico-Pastoral da CNBB? Que tal se a equipe aos poucos fosse estudando pequenas partes destes documentos?

 

b) Outro subsídio preparado exclusivamente para a formação da equipe de celebração é o livro “Liturgia em Mutirão” publicado pela CNBB, nele além do texto há perguntas para serem respondidas em grupo pela equipe.