Reportagens Diocesanas
publicado em: 25/10/2019
TERMINA HOJE O SÍNODO PARA A AMAZÔNIA - DOM RUBENS SEVILHA

TERMINA HOJE O SÍNODO PARA A AMAZÔNIA

    O Espírito Santo conduz a Igreja e, portanto, tudo aquilo que resultar do Sínodo para a Amazônia, será inspirado por Deus. Deus fala também pela boca da comunidade. Nós católicos estamos incondicionalmente unidos à Igreja e ao Papa. Tudo aquilo que a Igreja decidir alterar ou conservar, seja lá o que for, será alvo da nossa total obediência filial. Podemos até não entender ou inicialmente estranhar algumas propostas novas, mas jamais desobedecer. Entre a minha opinião pessoal e as decisões da Igreja, é mais seguro ficar com a opinião da Igreja. Prefiro sempre desconfiar de mim mesmo. Caminhando juntos temos menos possibilidade de errar.

    A obediência a Deus exige de nós uma boa dose de humildade e renúncia de nós mesmos. A cultura atual, rejeitando a Deus, endeusa o homem colocando-o como centro de tudo e acima de todas as coisas. O resultado é que, rejeitando orgulhosa e arrogantemente o Pai, torna-se triste órfão abandonado e jogado no mar da vida.

    Sem Deus, o homem fecha-se egoisticamente em si mesmo e, insensível, fica paralisado diante da infinita indiferença do universo, indiferença do mundo e indiferença das pessoas. Torna-se um mendigo existencial que implora amor e atenção das pessoas, pedindo a esmola do reconhecimento e ser importante na sociedade, mendigando algum sentido diante do universo imenso e mudo.

    Com Deus, o universo não é um infinito silêncio indiferente. Somos sim um pequeno grão de areia, mas totalmente abraçados pelo eterno amor misericordioso do Pai. Deus é o Criador de todas as coisas, por isso na Bíblia encontramos belíssimas expressões onde todas as criaturas são convidadas a louvar o Criador. Destruir a natureza é desrespeitar o Deus Criador. Aprendamos com as criaturas a louvar a Deus (Dn 3,57-86):

    “Obras do Senhor, bendizei o Senhor, louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!

    Céus do Senhor, bendizei o Senhor! Anjos do Senhor, bendizei o Senhor!

    Águas do alto céu, bendizei o Senhor! Lua e sol, bendizei o Senhor!

    Astros e estrelas bendizei o Senhor! Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor!

    Brisas e ventos, bendizei o Senhor! Fogo e calor, bendizei o Senhor!

    Frio e ardor, bendizei o Senhor! Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor!

    Geada e frio, bendizei o Senhor! Gelos e neves, bendizei o Senhor!

    Noites e dias, bendizei o Senhor! Luzes e trevas, bendizei o Senhor!

    Raios e nuvens, bendizei o Senhor! Ilhas e terra, bendizei o Senhor!

    Montes e colinas, bendizei o Senhor! Plantas da terra, bendizei o Senhor!

    Mares e rios, bendizei o Senhor! Fontes e nascentes, bendizei o Senhor!

    Baleias e peixes, bendizei o Senhor! Pássaros do céu, bendizei o Senhor!

    Feras e rebanhos, bendizei o Senhor! Filhos dos homens, bendizei o Senhor!

    Servos do Senhor, bendizei o Senhor! Almas dos justos, bendizei o Senhor!

    Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus!

     Sois digno de louvor e de glória eternamente!”

    Se todas as criaturas louvam a Deus, como ousa você, homem pecador, ferir e destruir tudo aquilo que Deus criou com amor? Todo o universo é propriedade divina, cabe ao homem somente o usufruto.

 

Dom Rubens Sevilha, OCD.